Press Control

Glossário

Presses

Glossário de Termos de Prensa Mecânica

Termo

Descrição

Ação Direta

Um tipo de prensa que produz uma força constante ao longo de todo o curso, ao contrário de uma prensa articulada

Acoplamento de Matriz

Usando o dispositivo para acoplamento de matriz torna-se fácil a troca rápida da ferramenta e é ideal para ferramentas que precisam ser guiadas com extrema precisão através de pinos de guia.

Articulada - tipo Joelho

Articulação que amplia a força de entrada aplicada às prensas mecânicas, desta forma possibilitando elevadas forças numa curta distância; e às prensas pneumáticas com este recurso possibilita operar com cilindros pequenos.

Bloqueio de Êmbolo

Impede que o êmbolo de uma prensa pneumática desça, no caso de perda de pressão de ar

Bloqueio do Curso de Retorno

Opção para Prensas manuais; garante que o fim de curso seja alcançado antes de liberar o retorno do êmbolo

Canal único

Refere-se aos controles elétricos e pneumáticos. Canal único é não redundante. Para que uma ação ocorra, o canal único não exige duas válvulas ou dois circuitos elétricos para operar simultaneamente.

CANbus

CAN (Controller Area Network, também conhecido como CANbus ou CAN bus) é uma rede usada em muitos produtos do dia a dia e que consiste de múltiplos microcontroladores que se comunicam uns com os outros

Coluna

Estrutura onde um cabeçote de prensa pode ser montado. Há dois tipos: Coluna tipo C (máxima altura para a peça) e Coluna tipo H (mínima deflexão)

Coluna do tipo H ou Pórtico

Uma coluna fechada (ao contrário de uma Coluna tipo C) que reduz a deflexão ao mínimo

Compatível com CE

A marca CE é uma norma de segurança que foi estabelecida pelas autoridades de regulamentação europeias

Compensação da Deformação Dinâmica

Uma característica patenteada pela SCHMIDT, que permite atingir um alto grau de precisão no posicionamento, mesmo em presença de diferentes forças

Controle de Força em tempo real, através de Circuito Fechado

A Prensa Servo Press SCHMIDT mantém o êmbolo na posição exata com base no feed back da força, ao invés do feed back da posição.

Curso de alimentação

Distância na qual a Prensa Hidropneumática pode gerar a força nominal. O curso de força pode ocorrer em qualquer posição do curso total do êmbolo. O curso de força não é adicionado ao curso total da prensa. Um modelo de prensa 62.100.6 tem um curso total de 100 mm e não 106 mm. Os 6 milímetros definem a capacidade do curso de força.

Curso Delta

Após atingir a força-alvo, move-se numa distância predeterminada

Detector de inclinação

Usado como um critério para identificar o ponto em que o êmbolo da prensa Servo Press deve interromper a prensagem e retornar. A inclinação refere-se à relação entre a distância percorrida versus crescimento da força.

Duplo Canal

Um tipo de redundância. Pode se aplicar aos controles elétricos e pneumáticos. Dois canais (válvulas, relés, etc) têm que funcionar corretamente para que uma ação aconteça.

Encaixe de Pino (Press Fit)

Uma conexão elétrica feita por encaixe (Press Fit), que elimina a soldagem. A SCHMIDT tem uma vasta experiência em montagem e controle de qualidade das montagens com pinos conformados, neste processo

Estrutura

O mesmo que Coluna

Ferramenta de Controle

Software que facilita o Gerenciamento de Dados de Processo, HMI &  Edição PLC

Força

Força total gerada por uma prensa. Ver também Pressão

Força contínua

A força que uma Prensa Servo Press pode gerar indefinidamente

Força máxima

A máxima força absoluta que uma prensa Servo Press pode gerar durante um curto período de tempo.

Hidropneumática

Prensa pneumática com uma seção hidráulica integral usada como intensificador de pressão que permite a geração de grande força com ar comprimido normal.

Homologado pela CE

A homologação é um procedimento pelo qual a autoridade certificadora verifica se um equipamento ou um componente atende os requisitos técnicos definidos pela norma.

ISO

International Standard Organization – o hardware tecnicamente concebido para esse padrão é substituível, independentemente do fabricante

Janela de Tolerância

Utilizada como campo de avaliação nas prensas com recursos para monitorar o processo. A janela é definida por limites superior e inferior de forças, ao longo de um deslocamento pré-definido. Para ser aceita, a curva de força tem de estar dentro dos limites de força estabelecidos para o deslocamento definido.

Janela do bloco

Prensas SCHMIDT com capacidade de monitoramento; uma janela que monitora se uma determinada força foi alcançada, dentro de um intervalo de deslocamento pré-definido

kN

kilo Newton = 1,000 Newton = 225 libras

Matriz tipo Faca

Ferramenta de corte feita de uma lâmina de aço fino, usada para cortar material fino. A lâmina corta contra uma placa de poliuretano ou de aço

MovTol

Uma característica do software utilizado no PRC1001 e 3000, que permite a utilização de um conjunto de critérios de monitoramento em pontos diferentes do deslocamento do êmbolo.

Niquelagem

Ver Sala Limpa

NL

Unidade métrica de volume - Litro Normal . 1 NL = 0,0353 polegadas cúbicas, 1 polegada cúbica = 28,317 NL

NPN

Designa o sinal de saída de um sensor. Sensor do tipo “sinking” NPN (corrente flui do CLP para o sensor) e fornece 0,0 Volts ou tensão negativa; usado com sensor de entrada do tipo “sourcing” PNP (corrente flui do sensor para a entrada do CLP)

OPC

OPC é uma interface de comunicação aberta. Elas atendem às necessidades de automação através do intercâmbio de dados, como os drivers de uma impressora para o Windows

PDA

Aquisição de Dados de Processo, coleta e avalia dados do processo

PNP

Designa o sinal de saída de um sensor. Este sensor é do tipo “sourcing” e fornece 24 Volts ou tensão positiva. Usado com NPN (ver acima)

Poka Yoke

Termo japonês que significa "à prova de erro”; é um meio para identificar com facilidade uma falha ou erro e desta forma evitar que sejam fabricadas ou montadas peças com defeito. Para realizar esta função normalmente são utilizados todos os tipos de sensores, seja como parte do ferramental ou integrados ao equipamento.

Precisão

Define a precisão quando comparada a um valor teórico.

Pré-Seletor de Força

Uma opção para Prensas Hidropneumáticas que permite pré-selecionar a força/pressão máxima independente da pressão de operação principal.

Pressão

É uma força “F” aplicada sobre uma determinada área “A”, geralmente libras por 1 polegada quadrada, ou PSI. A pressão é uma indicação da força gerada, porém desde que a área da superfície seja conhecida.

Redundante

Funciona como uma duplicata que previne contra falhas do sistema ou ações involuntárias. Pode ser aplicado tanto aos controles pneumáticos quanto elétricos.

Repetibilidade

Esta especificação é independente da precisão e indica como uma característica pode ser repetida.

Sala Limpa

Prensas SCHMIDT Niqueladas que são adequadas para algumas aplicações de sala limpa

Sensor de Fim de Curso

Opção para Prensas pneumáticas de Ação Direta; garante que o curso foi atingido com uma precisão de 0,10mm

SPC

Controle Estatístico do Processo

Tensão de alimentação

Tensão que deve ser fornecida para que o equipamento opere

Tolerância do curso

Critério de avaliação das Prensas SCHMIDT com recursos de monitoramento

Trabalho integral

Área sob a curva de força versus distância, ou seja, a quantidade de trabalho realizado durante um ciclo de prensagem.

TUV

TÜV é uma organização alemã independente, de avaliação e homologação com uma ampla gama de serviços prestados para a indústria automotiva.

 

 
Catálogo
Informações